esta eh a Minha

dona filomena e pequena lilia_resize.jpg
esta eh a Minha Vo. la estou eu no colo. e aqui estou eu com o pensamento estagnado como agua represada. dificil pensar noutras coisas da vida.
as perdas, embora sendo esperadas, serao sempre perdas. lembrancas de outras pessoas queridas que ja partiram se fazem presente. meu pai estava nos meus sonhos hoje cedo. ai, fico assim meio fora do ar, ou melhor, sintonizada em outro canal. normal.
sao muitas as imagens que passeiam agora como um filme de cor sepia.
ate meus 12 anos moravamos em casas vizinhas, sem muro de separacao. Filomena (todos a chamvam de “mada” e meu avo a chamava de “filozinha”. ela nao gostava de seu nome), era vaidade pura. nunca sentou-se curvando a coluna, tinha os ombros e a coluna sempre no lugar certo. e nao cansava-se de corrigir nossa postura. aprendi com ela a dizer “agradecida”. ela nunca dizia “obrigado(a)”. e quando agradecia alguem, as palavras eram pronunciadas com um sorriso contagiante.
orgulhava-se, com pertinencia, de seus dentes impecaveis, branco neve. todos os dias ao acordar, ia no limoeiro no quintal, espremia em um copo com agua e tomava em jejum. dizia que por isso seus dentes eram limpos. aos 65 anos comecou a fazer yoga. lembro nitidamente dela “plantando bananeira” nessa idade. nessa mesma epoca mudou a alimentacao: eliminou as carnes vermelhas, gorduras e acucar. 30 e tantos anos atras, estas atitudes eram pouco convencionais. talvez esta seja uma das razoes de ter vivido tantos anos com saude. fica com deus, minha vo!
domingo eh o dia das maes, e sabado, o aniversario do meu filho. tudo isso provoca um desejo imenso de estar junto deles. morar longe tem dessas coisas.
pronto, agora acho que vai da pra mudar o rumo da prosa!

vou sair por uma dessas portas e sorrir pro mundo porque a vida eh bela!
o dia esta maravilhoso, ensolarado, 26 graus. la vou eu caminhar no “beira-rio” (hudson park).

9 comentários em “esta eh a Minha”

  1. Lilia, é difícil falar de pessoas tão lindas assim. Da vontade de chorar de alegria.
    🙂
    Beijos, querida.

Os comentários estão fechados.