la fui eu pra terra dos bushentos. ui!

bom, o negocio eh o seguinte: cheguei na segunda-feira e passei o dia todo feito zumbi. nao sintonizava nada. ai no final do dia o paul me diz que tem que ir pro mexico, de novo, na terca bem cedo e que nao ia poder voltar pra ca pra gente pegar o aviao pro texas.
*%$$#@&^%$#
poie eh. ja passou, mas fiquei assim atordoada. e agora tou aqui pensando muito sobre como uma pessoa que passou a vida toda fazendo tudo independente, viajando meio-mundo, atravessando atlantico, pode ficar insegura de ter que pegar um aviao em nyc sozinha. pode? tanto pode que eu fiquei e aqui estou confessando e desabafando. o corpo reagiu a tantas coisas juntas. emocao eh emocao, seja ela boa ou nao o corpo sente. ressente.
porque nao eh tao simples assim. ta certo que eu complico, mas ir pra san francisco e conviver com a familia do paul tem um lado estressante. esse negocio de ex-mulher, filhos que cobram, e pais que se sentem culpados. eu heim.
a vida eh bela, eh verdade, mas tem umas pedras no caminho pra torna-la mais interessante e agoniada.
entao eu quis desistir dessa viagem pro texas. eh. mas nao teve jeito e quando nao tem jeito o jeito esta dado.
quem me ve viajando assim, california, texas, brasil, pensa que estou montada na grana. ilusao pura. eh loucura mesmo do meu paul e generosidade (e curiosidade) da familia.
tenham um resto de semana bem bom e o finde melhor ainda.
update recebi esta frase agorinha e achei bem pertinente:
um otimista ve uma oportunidade em cada calamidade.
um pessimista ve uma calamidade em cada oportunidade.

winston churchill
e pra nao dizer que nao falei de flores aqui estao algumas pra ilustrar este post esquisito.
orquideas.jpg plantaflor.jpg orquideas1.jpg
fotos do paul feitas numa estufa onde o filho mais velho esta trabalhando.

california

quarta-feira: vou comecar bem do comecinho. o paul chegou em casa da viagem pro mexico 1 hora da manha!!!! dormimos tres horas e levantamos pra ir pro aeroporto, nosso voo era as 7. ate san francisco sao 6 horas de voo. dormi a viagem inteirinha. nessas horas eh bom demais ter menos de 1.50m.
o irmao do paul (david) e dois filhos ja estavam la nos esperando. pegamos o filho mais velho do paul (elliot) e tome estrada pra casa da meia-irma (laurie), em chester, onde foi o jantar do thanksgiving.
lassenpark.jpgmais seis horas sentada e foi dificil manter os olhos abertos durante todo o percurso. pouco antes de chegar tem um trecho muito bonito, lassen volcanic national park, um terreno vulcanico com muitas rochas e vegetacao em tons de beige, marron, verde musgo. lindo.
em chester: chegamos acabados, e logo depois do jantar capotamos.
na manha seguinte o clima estava gelado, temperatura abaixo de zero. um frio de arder na alma. mas assim mesmo fizemos um passeio pelo lago almanor que eh arrodeado de montanhas com os topos brancos de neve.
lakere.jpg lilialake1re.jpg lakeflorestre.jpg
depois disso, tome producao culinaria pro jantar. chegaram os outros convidados e todos se botaram a fazer comida. e haja comilanca e bebedeira.
lauriehousere.jpg davidmichelelauriepaulre.jpg turkeyre.jpg
peoplekitchengre.jpg liliapaulre1.jpg dinnercheersre.jpg
eu nao consegui ficar acordada ate a sobremesa. a california tem 3 horas a menos de fuso horario e eu ainda estava com meu relogio biologico no lado leste.
as tres da manha acordei com vontade de beber toda a agua do mundo e quis lembrar direito do fim da noite me deu aquela agonia do “sera que eu me comportei ou disse muita besteira?” bom, se teve estragos ja estava feito, nada mais podia fazer, entao o jeito foi dormir de novo e esperar pelo amanha. na verdade todos acordaram de cara amassada e com gosto de cabo-de-guarda-chuva na boca. menos mal pra mim que estava sendo apresentada a cunhada dona da casa.
o clima amanheceu mais ameno e fomos todos pra floresta procurar pinheiros pra fazer arvores de natal. foi uma comedia.
o resto do dia foi viajando de volta pra san francisco.
marinare.jpg houseboat1.jpg
a gente fica hospedado na casa da michele a irma mais velha do paul. ela mora numa casa-barco, numa marina nos arredores de san francisco.
sabado: o paul foi passear com os filhos e eu fui encontrar a fer e o uriel em downtown. foi muito legal nosso encontro. ela foi a quinta pessoa que conheci atraves do blog e cada vez gosto mais desta invencao maravilhosa.
primeiro fomos num cafe bem antigo e depois fomos de carro visitar uns lugares com vistas maravilhosas. as pilhas da maquina pifaram. comprei novas que nao funcionaram :(
vesuviore.jpg cablecar.jpg chinatowngatere.jpg
o paul veio nos encontrar e almocamos juntos. depois fizemos uma longa caminhada por chinatown e outros bairros por perto. pegamos o cable car – bondinho a cabo – pra voltar pro lado norte da cidade nde estava o carro.
eles fizeram a gentileza de nos levar ate a casa da ex-mulher do paul pois iamos pro teatro com a familia completa.
e eu nao fazia ideia do que eu ia assistir. o paul dizia que a gente ia prum “play”. na minha cabeca era uma peca e falaram que tinha a ver com natal. quando chegamos no teatro, opera de san francisco, foi que vi o nome do espetaculo escrito e ai a ficha caiu: era um ballet, o quebra nozes, versao pra crianca!!! ai meu deusinho, se eu soubesse tinha economizado esse dindin. mas nada eh de todo ruim: o evan (filho mais novo) foi quem inventou esse programa e comprou os ingressos com bastante antecedencia, o que o fez se enganar do horario e o final da estoria eh que so assistimos a segunda parte. ufa!
domingo: novamente o paul foi la encontrar os filhos e eu preferi ficar com a cunhada. o tempo tava bem cinza mas assim mesmo resolvemos passear: fomos ate half-moon bay. maverick – praia famosa preferida dos surfistas. fizemos uma otima caminhada pela praia com uma chuvinha fina mas nao tinha ninguem surfando por la.
na volta pra casa paramos em moss beach pra tomar um cafe-drink em um bar-restaurante historico do lugar. nao resistimos e comemos um delicioso carangueijo!! yes!
ficou um gosto de quero-mais na boca, entao paramos no caminho pra comprar mais carangueijo pro jantar. e assim terminou a viagem, com um jantarzinho bem bom na companhia do cunhado, os filhos dele e o filho mais velho do paul que nos levou ao aeroporto.
e aqui termina este post interminavel da gostosa viagem. (deus queira que a pagina abra sem problemas com tantas fotos postada).

cheguei…

treeslakesnowmountain1.jpg
chester, california*
a viagem foi maravilhosa cheia de tudo de bom: familia, comidas, encontros e reencontros, passeios e belas paisagens.
mas estou numa leseira enorme, uma preguica do tamanho do mundo. dormi quase nada, voo atrasado. casa baguncada. sabe assim quando a cabeca ta oca? tou em camera lenta.
fico devendo o relato e as fotos. vou tentar acelerar o juizo e quem sabe mais tarde eu volto. coisas de vadia que nao trabalha e nao pega mais no tranco.
desejos de uma semana bem bacana pra nos todos.
treeslakesnowmontain.jpg treeslakesnowmountain2.jpg
* nem o nome do lago eu lembro!!! lake almanor