quando a natureza castiga

neworleansinundada.jpg a natureza veio com força. e o império nada pode fazer a não ser lamentar. new orleans é uma cidade-tijela. abaixo do nível do mar: golfo do méxico, à beira do rio mississipi e um lago pra completar. o furacão nem foi o que previram, graças. mas a desgraça é grande. as paredes (levees) que protegiam a cidade de inundações, romperam e a cidade ainda nada. mais 20 mil pessoas estão alojadas em um estádio e eu fico imaginando as condições. outras tantas só deus sabe quando poderão voltar pra casa (?).
e o pior drama pro império: gasolina. as refinarias foram inundadas. não tem energia elétrica. e a razão pra fazer guerra, vai literalmente por água abaixo.
oremos!
p.s. ele fez posts bem explicativos de como está a cidade com mapas, etc.

3 comentários em “quando a natureza castiga”

  1. É a força da natureza…revoltada talvez…
    E eu sempre repetindo: quero conhecer New Orleans, quero , quero. Parecia um pássarinho.
    A última vez que fiquei nesse quero, quero e nem me mexi, foi qdo Nina Simone veio pra cá.
    Vou parar com esse intuitivo quero, quero, se quiser ver um cantor, vejo o ingresso e vou. Se quiser ir pra uma cidade qq, vou ajeitar tudo, sem muito quero, quero e vou. Acho que dá mais certo!
    Americano é bom nisso. Já,já New Orleans está nova em folha, mas ninguém recupera uma vida…
    Beijão Li

Os comentários estão encerrados.