what the bleep do we know (título em português: “quem somos nós?”).
já faz algum tempo que uma amiga que mora na flórida me indicou. li vários textos sobre o filme, e só essa semana foi que assisti. achei bem interessante. finalmente cientistas fazem a ponte entre espiritualidade e ciência.
“…O filme nos aponta a direção do caminho da transformação: precisamos agüentar a retirada química das nossas adições (nossa projeção da realidade!) – a síndrome de abstinência ao vício das nossas reações emocionais/químicas; da história que nos contamos do que é a realidade – e arriscar um passo à frente e outro, de momento a momento, não respondendo ao impulso gravado que surge como “um pensamento natural”. No fundo, tudo se resume a resistir à tentação de crer que o que vivemos é “A” Realidade, que as coisas “são assim”. “A” Realidade não existe. Sobretudo, devemos nos concentrar na intenção de tudo o que fazemos e direcioná-la positivamente. A mente cria a realidade. …”
a quem interessar, aqui o texto completo e aqui tem umas transcrições.

*******

watergate8december12.jpg
nunca mais falei dele(s), mas as visitas diárias continuam. e essa semana teve namoro e séquiçu na varanda. hohoho

2 comentários em “”

  1. Oi, Lilia,
    Gostei da indicação. Pelo que li, o filme deve ser muito interessante, levando-nos a pensar sobre coisas que, normalmente, passam sem nos solicitar miaores atenções.
    Aqui, em nossas paragens, também temos o nosso esquilo, que ontem deu o ar da sua graça. Mas, parece-me, o “cara” é solitário.
    Beijos
    fernando cals

Os comentários estão encerrados.