YES! YES!

blogger.jpg
no ceara diz assim: “desculpa amarela eh comer barro” por isso continuarei desconfiada.
deixo essas palavras do dr. pinto que concordo e faco coro:
“Vocação autoritária e pendor pelo monopólio não se improvisam: são construídos ao longo de décadas. Felizmente não combinam com internet. Aos meus camaradas hospedados no Blogger Brasil, barbas de molho.”
aqui dicas da luciana pra quem quiser fugir do blogger.com.br:
Tem o TypePad que é o MovableType simplificado; o Movable Type; o Blogger original
e o B2. além do UOL que muita gente está usando. Mas sinceramente, confio no UOL tanto quanto no Blogger Brasil…
eu estou usando o movable type desde o ano passado e estou muito satisfeita.
keep walking!

ufa!!

pronto. estou voltando a vida normal hoje. a casa esta revirada, desarrumada e suja. a geladeira ta igual o alasca: fria e deserta. preciso sair pra fazer compra e levar/buscar roupa na lavanderia, mas ate agora estou na frente do computador. ja coloquei a correspondecia em dia e mais tarde, depois que terminar meus afazeres domesticos, atualizarei minhas vadiagens blogueiras. vida social intensa estes ultimos dias. vou comecar a contar pelo sabado: encontro com amigos “virtuais” blogueiros

da esquerda para direita: eu, gabe e luciana, sergio e monica e aline
a luciana misura veio pra nyc com o marido e passamos o dia juntos, andando pela parte sul de manhattan. fizemos a caminhada que sempre faco com os amigos que vem pra ca. nos encontramos no village e andamos em direcao ao soho. ate senti uma saudadezinha quando passamos em frente ao predio onde eu morava.
do soho fomos pro hudson river park via tribeca. o tempo nao estava nada legal e quando chegamos no world trade center comecou uma chuvinha fina chata, mas continuamos: ponte do brooklyn, onde tomamos um banho de chuva e depois southstreet seaport. la encontramos com a monica e o marido e fomos andando pra little italy, atravessando chinatown. quando estavamos la, chegou a aline. foi um dia bem legal na companhia de pessoas bacanas. preciso deixar de ser tao chata e abusada e conhecer pessoas por aqui. eh tao bom.
domingo e segunda

e pra terminar o fim de semana, fomos passar o domingo e segunda (feriado do dia do trabalho por aqui) em east hampton, long island. eh uma regiao de praia, e hamptons eh famosa por ter mansoes e mais mansoes de milionarios nova iorquinos. nos fomos pra uma casa que o patrao-socio do paul sempre aluga no verao. nao eh uma mansao nem eh muito proximo da praia. eh uma casa bem legal arrodeada de verde, uma mini-floresta ao redor cheia de ciprestes. so lembrei daquele teste que fiz uns meses atras onde voce via qual a arvore que voce eh, e eu sou cipreste :)
chegamos a tarde, a viagem de trem eh meio longa, 2h45 min. perdemos o trem das 9h45 e o seguinte so saiu as quase meio dia. la estavam o patrao-socio e a namorada. comemos, bebemos e alegramos nossos coracoes.
a noite, fomos da uma voltinha na praia e conseguimos ver marte facilmente. impressionante o brilho do planeta refletindo no mar. a lua, nao sei bem a fase, se minguante ou crescente, estava se pondo bem amarela. fez muito bem pros olhos. encontramos algumas pessoas com fogueiras e tochas. e ainda por cima uns fogos coloridos no ceu.
na segunda, o dia amanheceu bem nublado e um ventinho frio. o verao se foi. ainda teremos alguns dias com temperatura amena, mas ja deu pra sentir que calor de verdade so ano que vem agora. fizemos uma caminhada pela manha ate a praia, eh um pouquinho longe, mas muito agradavel. a chuva comecou e voltamos pra casa. o resto do dia foi sem muita festa. almocamos, dormimos um pouco e a noite voltamos de carona. agora vou cuidar do jantar! uma boa quarta pra nos todos.

I LOVE NY


o ultimo post do danilo antes de voltar pro brasil me emocionou demais! ele fala de nyc de um jeito que quem mora aqui, se identifica completamente.
logo que cheguei aqui, tive exatamente essa sensacao, de que eu ja fazia parte deste lugar. eh como se a cidade nao desse a minima pra voce, ela nao faz cerimonia, nao quer saber de onde voce vem, ou o que voce eh. eh tipo “fique a vontade” porque aqui eh a cidade do mundo.
aqui voce escuta o povo falando outras linguas a cada momento. a cada quadra que voce anda pode ouvir espanhol, italiano, chines, arabe, frances, e ate uma bodega de portugues tenho na minha esquina onde vou todos os dias comprar minha cerveja, e posso falar portugues quando o sr. joaquim eh quem esta no caixa.
ja morei em paris e, embora sempre diga que me sinto em casa, a cidade nao te acolhe deste jeito. no meu caso, eu que acolhi aquela cidade. nyc nao tem ranco. sao tantos diferentes povos vivendo na mesma cidade, que ninguem olha pra voce com julgamentos. a pressa e o desinteresse pela sua vida faz com que a gente se sinta confortavel a cada esquina. vou copiar um trecho do que ele escreveu mas voce pode ler na integra pelo link acima.
…”Pois Nova York não pertence a ninguém. Pertence a todos nós. É a única cidade do mundo em que cada indivíduo que pra aqui vem logo logo se sente dono do lugar. Não daqueles donos que mandam e desmandam. Não senhor. A titularidade sobre a cidade é mais como um acionista da empresa. Por menor que seja sua quota, você se sente também um proprietário. Não acontece com nenhuma outra cidade. Por mais que você se sinta à vontade em Paris, Roma, no Rio ou em Buenos Aires, você é e sempre será um estrangeiro. Quando o habitante local perder todos os argumentos, vai baixar o nível e te negar a propriedade sobre a cidade, fazendo referências a sua origem. Você é um alienígena e não pertence àquele lugar. Paris é dos parisienses. Roma pertence àquele sujeito romano. O Rio é intestinalmente dos cariocas. Buenos Aires, então, é quase de outro planeta, habitada por seres argentinos. Não com Nova York. Nova York é dos italianos, é dos judeus russos e poloneses, é dos irlandeses e também de todos os chineses. Mas é também dos brasileiros e dos colombianos. E, acreditem, até dos franceses é. Nova York também é dos americanos. …Há dois anos era um pouco diferente. Tinha lá aquelas duas torres que vi numa manhã cair. E o presenciar daquele momento me aproximou ainda mais da cidade. Pois a experiência humana só se completa quando, a despeito dos confetes e taças de champagne, é cavada na dor pela perda. Nova York foi violentada. …Guardarei pra sempre a lembrança do som de Gershin e Sinatra, que tinham charme adicional com a introdução da voz aveludada de Jonhattan Schwartz em seu programa de rádio. Como disse um amigo meu certa vez, “Ouvir Sinatra em Nova York é diferente”. Terei muita, terríveis saudades, das caminhadas a pé e da visão dos seus habitantes. …A canção tinha razão, New York, definitivamente, é “a state of mind”

rosas proces


e muitos beijos proces todos que se manifestaram com carinho.

aurea, solange, adriana, angela borges, angela scott, luciana misura, luciana -NY, julia, alyne, luize, alex, cintia, claudinha, monica, julianne, bag, sil, cinara, vitor, alessandra.
e se esqueci de alguem, me perdoem!
a previsao era de voltar a normalidade hoje, mas quando olhei o computador me deparei com 1377 arquivos infectados pelo virus w32/valla. inclusive o mcafee. que vermezinho miseravel duma figa. ai que raiva. passamos o dia todo pelejando pra limpar os arquivos. aparentemente conseguimos.
ufa. as vadiagens voltam em breve.

doidinha da silva

outro dia a angela disse assim: “Experimente ficar um pouquinho triste na web. É amor por todo lado.” Muito bom. Os problemas continuam mas eu, tou novinha em folha.:))” eu concordo e faco coro.
depois do blogs of note eu ando toda faceira e vaidosa. um monte de gente bem legal apareceu por aqui. AGRADECIDA A TODOS. de verdade.

ontem foi o alex que comentou sobre o vadiando: “Vadiando … O título ali em cima não é tão inocente assim: tenta ser uma homenagem a um dos bloggs que regularmente visito. Ver New York através dos olhos femininos de uma cearense que aprendeu “que ficar atenta é muito melhor do que forte” se tem mostrado uma experiência recompensadora. Assim, há quem vá vadiando por Manhattan enquanto eu vou vadiando pelos blogs…”
valeu alex! e pra completar, ontem mandei um e-mail pra luciana perguntando sobre a experiencia dela com relacao a papelada toda que a gente tem que mandar pro departamento de imigracao, e minutos depois recebi uma ligacao dela! num eh bom demais? eh tudo! “obrigado senhor”. agradecida estou por tudo isso e muito mais.

se eu ja estava doidinha antes, agora to completamente louca porque vou ter que correr pra dar entrada nessas papeladas antes do dia 20 de julho, que eh quando expira minha permanencia legal neste pais! I-30, I-131, I-765 application for employment authorization. biographic information, medical examination of aliens seeking adjustment of status. e agora eu virei “alien”. pode? e tome dindin, e tome papel. e num preencha os formularios do jeito que eles querem nao (e eles nao explicam esse jeito) pra voce ver o tempo que vai levar pra receber as autorizacoes. liga 0800, pergunta, cada vez a resposta eh diferente. tudo seria simples se pagassemos uns mil e tantos dolares a um advogado. mas cade? so as tarifas que eles cobram pra cada formulario e mais medico e exames ja chega perto dos mil.
“…minha cabeca rodando, rodava mais que os casais…”

que honra!

o cesar, do carta aberta, fez um post muuuuuito legal listando alguns blogs. “Hoje vou fazer uma coisa completamente diferente. Não sou daqueles que colocam links dos blogs que gosta e que visita sempre. Tenho uma pequena listinha que todas as semanas penso em mudar e acabo desistindo por falta de tempo ou porque aparecem outras prioridades. Mas dia desses dei uma olhada num desses mecanismos que mostram quem está te lincando e fiquei surpreso. Encontrei muita gente. E sem qualquer retribuição ou contrapartida. Aí resolvi dizer hoje um muito obrigado coletivo, listando, acho, quase todos…” e num eh que o vadiando ta no meio dos “blogs feras”. honrada me senti. faceira estou eu. valeu cesar!

infleunciando

ja influencei duas amigas: uma gaucha que mora em fortaleza que ta com um bucho por acola, quase parindo. ja era hebefrenica, imagina agora! ..”Quero bebê, quero dar de mamar, quero colo, quero minha mãe! Quero casa, quero fralda, quero berço, quero xixi-cocô. Ahhhhhhh!!! Quero ficar acordada durante toda a madrugada…” a outra eh uma cearense que mora em vitoria, cantora, que nunca teve juizo e pelo que li ainda vai demorar muito a ter! …”Estou tentando aprender a ser mais metódica, prá ver se dá um jeito em minha abundancia de abstração… Mais como eu disse..não fico parada!!! Até meu amor está correndo hoje..mal consigo me comunicar com ele!!! Mas o que fazer? O mundo gira-gira-gira-sóis!!!” e assim o mundo dos blogs vai aumentando :)