vim pra dizer…

cascadearvorere.jpg

que não venho. é de lascar né naum?
mas é isso mesmo. tá tudo alterado aqui por dentro. a tal da nicotina é poderosa mesmo, na abstinência é que a gente vê o tanto que o corpo tem que trabalhar pra fazer os ajustes na nova vida.
parar de fumar foi um movimento super importante e esse momento que tou vivendo é bem especial. eu num quero ficar enchendo o saco de voces falando nisso o tempo todo, mas outro assunto tá difícil 🙂
por isso vou curtir a leseira, a concentração-zero, a liberdade e a felicidade de ter conseguido. depois eu volto a vadiar normalmente.
violetasafricanas9outubro.jpg
mais uma vez, super agradecida pela torcida. flores procês! (essas violetas-africanas são meus xodós. dai, só a grande da esquerda foi comprada, todas as outras eu que “criei”.)
boa semana pra nós e que minha alegria respingue em voces.

1 semana de liberdade!

sunrise3october3.jpg

“Relaxation means you don’t have any shoulds. You are simply living moment to moment, not according to some future idea of yourself, but according to your reality that is herenow. To live with the reality, moment to moment, is to be sane. To live with the idea is to be insane.” (OSHO, The Firsf Principle, # 5)
Relaxamento significa que você não tem nenhum “deveria”. Você está simplesmente vivendo momento a momento, não de acordo com uma idéia futura de voce mesmo, mas de acordo com a sua realidade que está presente aqui e agora. Viver com a realidade, momento a momento, é ser são. Viver com a idéia é ser insano. (achei essa tradução na internet, mas a página não abre, abri pelo cache)
sunrise3october1.jpg

pois é isso. tou vivendo o tal do agorinha! não estou tentando, eu consegui! amanhã não existe, ontem já morreu, então sou ex-fumante, com muito orgulho, cheirosa e me sentindo LIVRE!
***********
eu era tão dependente desse macaco fedorento que passei a não gostar de nyc – ou qualquer outro lugar onde não pudesse fumar. agora estou livre pra gostar de estar em todo canto!
***********
eu comecei esse processo há um ano atrás. a decisão veio há dois meses. jamais iria pra esta empreitada sozinha. sabia do tamanho do macaco, alás era um king kong, pendurado nas minhas costas, e em momento algum substimei o poder que eu mesma dei pra ele. ataquei o bicho por todos os lados. aqui a lista do que fiz (e tou fazendo) pra enfrentar esta batalha:
terapia e hipnose; – muita, muita conversa comigo; – comecei a aprender meditação (walking meditation); tomando remedinho: wellbutrin (genérico do zyban, que fez um efeito mágico!); – exercício todo-santo-dia (a endofirna liberada no exercício dá a maior força); – beber água o dia-todo. muuuuiiita água; – baixei o programa “silent idea” que exibe mensagens subliminares no computador (voce quem escreve as mensagens);
minha constatação: 1) tem que querer muito, se não quiser de verdade nenhuma ajuda funciona; 2) parar de fumar é muito mais fácil do que eu imaginei. mas se não desapaixonar, desapegar. se não associar o bicho a coisas ruins, o risco de voltar é muito grande. é que nem rapariga-de-soldado, que apanha mas sempre volta pro cabra nefasto 🙂
sunrise3october2.jpg

além da leseira cerebral (não sei explicar, mas estou muito dispersa, concentração zero!), o que tá diferente é uma “fome” maior que tou atacando com frutas frescas e secas (uma pessoa de 1m48cm não pode engordar de bobeira!), e o intestino que tá meio preguiçoso.
no mais é o delicioso sentimento de liberdade que não tem preço!
***********
que a nossa senhora do respiro me proteja e que a santa paciência continue protegendo meu paul! amém.
pra não dizer que não falei de outra coisa:
liliapasseiocanoa.jpg
descobrimos que aquele park ainda estava alugando barcos (normalmente encerram no feriado do dia do trabalho), e fizemos um belo passeio de canoa domingo passado.