5 comentários em “cheia de graça”

  1. Querida Lilia,
    Ontem estive num jantar, e ao meu lado uma moça de quarenta e poucos anos que tirou o estômago por causa de câncer, só podia comer o equivalente a 200 ml, se não tinha muitas dores. Fumava sem parar o anfitrião várias vezes veio rtrocar o cinzeiro. ..
    ..
    Ainda bem que você parou amiga. Cada vez que esta mulher dava uma tragada eu a via ingerindo câncer.uuuuughghh
    Beijos Stella

  2. E em SP faz um friozinho. Como o tempo está doido!Acho que adoraria ser Amish, se tivesse um vizinho, digamos com o jeitão do Harrison Ford.
    Beijão querida

Os comentários estão fechados.