o domingo foi do jeito que planejamos, até a penúltima página. passamos o dia todo ajeitando/arrumando/limpando, pregando quadro na parede, etc. amanheceu um lindo dia de sol, e frio. mas no final da tarde a temperatura melhorou e comemos no quintal, um delicioso “churrasco” de costela de porco feito pelo “chef paul”. e quando já estávamos quase virando a última página pra ir dormir, colocando louça na máquina e ajeitando a cozinha, apareceu uma água que não parava de vir por detrás da máquina de lavar louça (que ainda nem tínhamos ligado). depois de tirar geladeira e máquina do canto n atentativa de achar de onde vinha água, vimos que o desastre maior estava na sala com o carpete ensopado. que mer $%#@*&da!
e aí está o resultado:
vazamentomosaico.jpg
juro procês que tava tudo bem limpinho e arrumado…
agora já passa do meio-dia. desde às 10 da manhã que o bombeiro tá aqui pelejando pra achar/consertar o problema. já consertou. era um cano entupido.
pelo menos essas paredes de mentira daqui servem pra facilitar a vida nesses casos. ao invés de quebrar tijolo eles só cortam a fina madeira…
mais tarde eu conto o final da novela.
update: a novela ainda não acabou. o problema hidráulico foi resolvido, agora ficou o problema estético: teremos que trocar o carpete. home depot me aguarde mês que vem hahaha. enquanto isso a sala continua bagunçada com carpete levantado e um ventilador ligado pra secar o estrago.
* * * * * *
cardealnacerca600.jpg
e por falar em novela, eu tive que agradecer o zezim por se pendurar no “feeder” pra comer as sementes dos passarinhos.
explicação: eu adooooro os cardeais. sempre que caminhava/pedalava pelos parques ficava curtindo o canto e procurando ve-los entre as árvores. pois aí que a presepada do zezim fez cair um monte de semente no chão e agora eu tenho um casal de cardeais me visitando todo dia.
cardeaisapril7angela.jpg
o macho é o vermelho, lindão. em tantas espécies o macho é o bonitão pra impressionar a fêmea… bem podia ser assim com a gente né? eu que morro de preguiça pros afazeres de beleza, ia adorar ser bem simplezinha hehehe

12 comentários em “”

  1. Mas nem bem chegou e ja lidando com desastres… Ainda bem que ja consertou.
    Bonitinha tua cozinha, gostei mesmo.
    Beijocas

  2. Essas sao as agruras de casa própria não é mesmo? Ter que lidar com bombeiros, vazamentos.. aiai. Tomara que tudo se resolva. E adorei sua cozinha.. enooorme!!!
    Eu adoro os cardeais.. eles são símbolos da Virgínia, mas nunca vi um por aqui! hahaha

  3. Oi Lilia, poxa vida a foto que tiramos juntas nem saiu.. q droga!! Tudo bem fica pra proxima.. adorei o papo que bati com o “chef Paul” ai que delicia churrasco de costela de porco.. humm.. sua cozinha e gigante.. ai eh bom.. a minha so cabe eu dentro..hehehe bjkas..

  4. há mudanças, eu que o diga passei por isso 11 vezes, sem brincadeira! acho que vc deve estar super cansada,mas deve ter valido a pena!
    feliz páscoa!
    bjos

  5. São coisas que acontecem sem a gente esperar. Tenha paciência e bola pra frente que atrás vem gente…..rsrsrsrs….No final tudo dar certo se ainda não deu é porque não chegou ao fim. Meu marido sempre diz isso.
    Bjãoooo querida Lilia e fique com Deus.

  6. Oi Lília! adorei as fotos dos posts anteriores…o melhor é vc. não esquentar a cabeça…mudança tem que ter histórias pra contar..rs..beijos e que tudo se ajeite…

  7. Lilia, primeiramente desejo uma Feliz Páscoa para você e sua família, que o mestre Jesus ilumine todos vocês. Sobre a inundação, casa é assim mesmo, eu já me resignei, conserta uma coisa, estraga outra,pensamos que tudo vai ficar lindo, e pronto, surge algo diferente para ajeitar…o jeito é curtir a vida assim sem esquentar muito e ir resolvendo aos poucos. Sobre o zezim, viu apesar da saudade do Jorge, o safadinho trouxe novos amigos para você…na vida tudo se segue um equilíbrio, adoro ver a foto da cerca, com ele escapulindo e a vegetação linda, curta seus novos e lindos amigos cardeais. Quando morei em Petrópolis, curtia aparar a grama e me sentar observando a variedade de pássaros que vinham comer sementes e minhocas, não precisamos de terapia melhor. Ochê menina, nada de preguiça, continue a pedalar, caminhar, precisamos nos cuidar sim. Beijos.

  8. Olá menina,
    Inundações no dia em que pela primeira vez tudo está arrumado…me lembra quando me mudei para cá. No meu caso, os pedreiros durante a reforma jogaram, SIM JOGARAM DE PROPOSITO, cimento no cano de escoamento de água de chuva do terraço, inundou o meu e o apoartamento embaixo do meu. Parece que este tipo de ação de pedreiros acontece quando o empreiteiro , ouo proprietário (eu no caso) não dá uma “caixinha” extra no fim da obra.
    Haaaaa reformas!
    Beijão menina agora com certeza , tudo dará certo na casa nova.
    .

Os comentários estão fechados.