blog e as novidades

iloveblogging.jpg

tenho pensado como essa coisa do blog vai passando por fases. até pouco tempo eu tinha assunto todo santo-dia e as vezes fazia mais de um post num dia só. não acho que os assuntos tenham se esgotado, porque eu costumo escrever sobre o dia-a-dia e sempre haverá do que falar. não posso dizer que é falta tempo. ando um pouco mais ocupada, mas acho que tempo é uma questão de preferência. já houve dias d’eu acordar as 6 da manhã e postar.
é fato também que não ando visitando todos com a mesma frequência de antes e, muitas vezes não deixo comentários. porque? sei não. se não tenho nada interessante pra falar, por mais interessante que seja o post, ando preferindo me calar do que me sentir na obrigação de deixar minhas pegadas. digamos que o blog era prioridade máxima e agora virou prioridade média. o que não significa que deixou de ter importância. não! I love blogging!
então fica uma explicação boba por não está postando nem visitando nem comentando do mesmo jeito de antes. afinal, a vida é uma mutação constante.
p.s. a foto eu roubei da fer.
espiraisre.jpg

criei vergonha na cara e me inscrevi num curso de inglês. “foi muito bom para mim” ficar incapaz esses dois anos. aproveitei bastante esta fase de “não saber falar”, mas é chegada a hora (a minha “hora”, porque muitos haverão de dizer: só agora?) de interagir mais com este país e qualquer coisa que eu queira fazer, é preciso saber falar melhor.
e mais uma vez pude constatar que quando a gente quer de verdade uma coisa, não tem jeito, a gente acha!
logo que cheguei aqui procurei bastante um curso dentro das minhas condições financeiras e horários. quando o curso era baratinho, nos communities colleges, eram sempre à noite ou nos fins de semana. ai eu não via sentido passar o dia todo vadiando, e quando o paul chegava em casa eu iria pro curso. assim fui deixando o tempo passar, alimentando esta condição de “incapaz” pra poder vadiar.
shakespeare.jpg ser independente fazia parte de mim, e talvez por isso mesmo quis experimentar a dependencia quase total. quando isso acontece por opção é bem legal. tenho um retrovisor que me mostra que posso me virar seja lá onde for, então resolvi relaxar e curtir esse tempo só na vadiagem. confesso que achei bom demais poder desfrutar do “nada a resolver” e ter o paul resolvendo praticamente tudo. hoje já resolvo muita coisa sozinha, mas pra estudar e trabalhar de verdade preciso aprimorar bastante o meu ingles.
então, semana passada me determinei e achei rapidinho um curso num college na cidade vizinha (jersey city), baratinho, segundas e quartas, das 9 às 11 da manhã. vamos ver se algum dia consiguerei ler shakespeare no original!

18 comentários em “blog e as novidades”

  1. É isso aí, Lilia. Há momento pra tudo na vida e a sabedoria de “escutar” esse momento chegar é privilégio de poucos.
    Beijos,

  2. Lilia, quem le o que voce escreveu e nunca viu voce falando ingles, vai achar que voce nao sabia nada…Nao e verdade, o seu ingles e bem direitinho e voce se virou muito bem com ele por esses dois anos! Voce esta certa em querer aprimorar, mas voce ja sabe bastante 🙂

  3. É preciso que a gente faça algumas aventuras mais na vida, não é mesmo. Acabei fazendo um belo link do teu blog lá no sempénemcabeça, para que outras pessoas descubram esse blog gostoso, passando por aqui.

  4. Prá quem já tá “íntima” (duvida não!) da língua dos anjos, falar ingrêis para inglês ver, vai ser wondeful, baby. E, esquenta não, com isso de “blogar” mais ou menos, comentar mais ou menos… O que vale mesmo é fazê-lo, qdo puder ou quiser, traduzindo sempre o que estiver cutucando o coração. Um abraçuu e bom fim de semana.

  5. Lilia querida, quanta novidade boa. Fico feliz que a sua vontade de blogar flutue, afinal isso mostra que a vida muda, que as coisas melhoram, evoluem. As suas visitas e os seus posts serao sempre bem-vindos na frequência que for. E quanto ao inglês ora bolas, eu espero que o curso te ajude onde você precisa, mas tenho certeza que no caso da lingua a melhor escola é a rua mesmo, entao vai ser mais para ler Shakespeare, nao tenho duvidas que vais conseguir. Sabes da Ingrid ? Fiquei preocupada com o furacao…Ela sumiu…eu mandei um cartao de ano novo para ela e hoje vi que os comentarios dela estavam fora do ar…Beijinhos e bon weekend

  6. Oi Lilia,
    É isso aí… e também precisava voltar a aprender inglês, mas estou deixando o aprendizado vir naturalmente… e acho que virá :0).
    A vida blogolística é assim mesmo… as vezes a gente esta no pique e outras vezes deixa de estar… assim como nossa vida, a vontade de blogar é cíclica…
    Beijos e queijos

  7. então via SHAKESPEARE em inglês.
    y love you!!!!!!!!
    entro no laser sexta que vem.
    tudo vai dar certo.
    beijo
    sinhá nega

  8. Ih, Lilia, nem esquenta!! A rede é pra nos dar prazer, pra distrair. À partir do momento que se torna obrigação, enche mesmo!!!
    Visitar blogs, comentar por obrigação é um saco. Até postar.
    E, vem cá, pra que ler o tal do Shakespiroca? Cara mais chato.
    Muito melhor se infiltrar num desses guetos do Bronx e aprender todas as gírias. Aí sim, se vai estar falando o verdadeiro american english.
    Tá bom, tá bom, não precisa mandar eu me fuck me! Tô indo!

  9. Ah querida, vais ler sim, não tenho a menor dúvida..
    Fico pensando se eu vou ficar assim, medianamente apeixonada pelo blog. Espero que não.
    E eu quando não tenho o que comentar, gosto de deixar um beijo, de dizer que estive ali. Diferenças que não impedem este amor que sinto por ti, beijos.

  10. Oi Lilia!
    Eu tb to sumida do meu blog. Nao sei, agora com tantas coisas na minha vida (baby, estudos e trabalho) eu acabei deixando isso meio de lado. Mas acho que e so uma fase, pois eu adoro blogs tb.
    Legal voce se matricular num curso de ingles. Eu ja fiz tanto curso de ingles aqui e resolvi parar neste semestre pq me matriculei num outro curso no CC. E quanto a leitura acho que ajuda muito, nao precisa ser Shakespeare nao, comeca com uns mais faceis. Logo que cheguei aqui fiz carteirinha na biblioteca. Meu primeiro livro foi O Conde de Monte Cristo, adorei!
    Bjs

Os comentários estão fechados.