as vezes a gente

as vezes a gente nao acredita que essas coisas ainda podem acontecer, ainda mais por aqui. vou contar: eu coloquei um anuncio no website hobokeni.com – eles tem classificados gratuitos tanto pra venda como pra compra de moveis e outras coisas mais – procurando comprar uma box spring (essa caixa de madeira que fica entre o colchao e a cama). faz muitos dias que botei o anuncio, nem lembrava mais, e hoje recebo este e-mail: “Not sure if you saw it already, but I saw your ad for a queen size box spring and there is someone selling one on ‘furniture for sale’ on hobokeni: Queen size boxspring for sale, perfect condition ,I bought it 10 months ago but it is too big for my new house in Hoboken. If you are interested e-mail me or call me 973-885-26-96 , price is negotiable, make an offer. By virgy28@mixmail.com hope this helps you.” (nao sei se voce ja viu, mas eu vi seu anuncio querendo uma box spring de casal e ai tem alguem vedendo uma na secao “moveis a venda” no hobokeni: box spring casal a venda, perfeitas consicoes. comprei 1o meses atras e eh muito grande para minha nova casa em hoboken. se voce esta interessado, etc etc etc. espero que isto lhe ajude. eu, com esse meu jeito agoniada de ser, nem prestei atencao direito, ja fui respondendo o e-mail, perguntando quanto custava e dizendo que eu estava interessada. de repente chega a resposta: “No, it is isn’t mine. It is the person in the ad. I just saw it and thought I’d pass it on to you. I’m not related to the sale at all except connecting the two of you. Thought I’d do a good deed!!! :)” (nao, nao sou eu. eh uma pessoa que botou um anuncio. eu so vi e pensei de repassa-lo pra voce. eu nao tenho nada a ver com a venda, so quis conectar voces. pensei estar fazendo uma boa acao :) pode? pode e eu fico morta de satisfeita quando essas coisa acontecem. ganhei o dia e, provavelmente, terei minha box spring em breve! obrigada Marissa Porskievies! obrigada senhor!! update

na caixa do correio real:

na caixa do correio real: folder promocional deste produto: The Eggbeaters Advantage * 99% real eggs = 99% ovo real * No fat = sem gordura * No cholesterol = sem colesterol * Less than half the calories of shell eggs = menos da metade das calorias de um ovo real * All the protein of shell eggs = mesma proteina do ovo real * 12 essential vitamins and Minerals = 12 vitaminas e minerais * Pasteurized for safety = pasteurizado para sua seguranca * No preservatives = sem preservativos * Available refrigerated or frozen = disponivel refrigerado ou congelado * Multiple sizes for any occasion, including convenient resealable pour spout packaging = diferentes embalagens para todas as ocasioes e ai eu pergunto: como eh 99% ovo de verdade? o que sera este 1%? onde foi parar o colesterol??? o que diabo eles fazem pra retirar? fui no website e procurei pelos ingredientes e nao encontrei nada. confesso que fiquei curiosa pra provar este negocio, mas meu lado caipira diz assim: eu heim, eu mesmo nao. so me lembra a “margarina” que os medicos recomendam usar no lugar da manteiga e quando voce le os ingrediente nao sabe o que exatamente vai comer. sao tantos componentes quimicos com nomes esquisitos que me fazem desistir. quem sabe este negocio ai acima seja uma opcao, mas sem saber como eh feito eu fico cabreira. tem muita de “comida de plastico” por esses lados aqui e mesminha num gosto nao. ja faco tanta estripulia com o meu corpo fumando e bebendo, que na hora de me alimentar fico mais cuidadosa. agora digo que nem a aurea “allguem” conhece isto?

la pegando fogo, aqui chuva muita

era 5 da tarde. o ceu cor de chumbo. muitos relampagos seguidos dos estalos de trovoes. e muita agua cai. e eu aqui pensando que essa agua podia estar caindo na espanha e em portugal onde o fogo arde sem que o homem consiga domina-lo. la se foram muitas florestas e pessoas inocentes.
transcrevo aqui um texto do alex que mora em lisboa:
“…é sobre o fogo-inferno que quero escrever. Sobre o fogo que não conhece fronteiras e as atravessa com o sopro do vento. Sobre o fogo que nasce e se recusa a morrer enquanto não consumir quilômetros e quilômetros de mato e floresta. Sobre o fogo que parece se vingar sobre aqueles que o combatem e mata aqueles que não têm hipótese de o fazer ou de fugir. Sobre o fogo que destrói habitações isoladas ou entra por aldeias e vilas. Sobre o fogo que reduz uma vida de trabalhos e canseiras a cinzas e fumo. Sobre o fogo que as lágrimas do desespero da perda e da impotência no seu combate não conseguem apagar. Sobre o fogo que parece rugir. Sobre o fogo que, de dia, quer obscurecer o sol com o seu fumo. Sobre o fogo que, na noite, se quer substituir ao sol com a sua luz. Sobre o fogo que cala o cantar dos pássaros e das cigarras. Sobre o fogo que transforma o verde-esperança em negro-morte.