homenagem a fortaleza

beiramarcrepousculore.jpg
Pense numa cidade pai d’égua!
O ano todo com um calor de rachar o quengo.
Toda noite tem comédia e o povo é bonequeiro que só!
Tá pra nascer quem é de Fortaleza que não é amancebado com esse lugar.
Tem é zé prum cabra conhecer aqui e depois querer capar o gato.
Pode ser liso, estribado, vir de perto ou lá da baixa-da-égua.
Qualquer um fica arriado os quatro pneu quando vê as praias daqui.
Fica logo todo breado de areia, depois se imbioca no mar e num quer mais sair nem a pau.
Depois de conhecer a negrada, então, vixe!
Se a cidade é boa assim, avalie o povo!
Tem gente de todo jeito: do fresco ao invocado, do batoré ao galalau, dos
gato réi às ispilicute, do cabra-macho ao fulerage e muitas outras marmotas.
Bom que nem presta. É por isso que nas férias dá uma ruma de turista tudo
doido por uma estripulia , porque sabem que Fortaleza não é de se rebolar no mato.
Só precisa dar um grau ou uma guaribada aqui ou ali, mas, mermo assim, tá de parabéns.
Arre égua, ô corra linda, mah , essa cidade!
(Assis Coelho)
dicionario:
pai d’égua: legal demais
quengo: cabeca
comédia: pode ser qualquer programacao divertida
bonequeiro: a primeira definicao eh alguem que bebe e enche o saco, mas pode ser brincalhao, presepeiro.
Tem é zé: eh dificil
capar o gato: ir embora
liso: sem grana
estribado: com muita grana
baixa-da-égua: lugar longe
breado: lambuzado
imbioca: entra
vixe: ave maria
avalie: imagine
invocado: estranho, trancado
batoré: baixinho (eu sou batore hahaha)
gato réi: mulher vulgar (rei seria “velho”)
ispilicute: faceira
fulerage: Ordinário, pode ser também pessoa muito irreverente, brincalhão, depende do sentido da frase.
marmotas: espalhafato
rebolar no mato: jogar fora
dar um grau ou uma guaribada: ajeitar, arrumar
ô corra linda, mah: = oh coisa linda, macho.
e sabe porque estou postando isso hoje? porque: eu vou, eu vou, pro ceara eu vou!!!
amanha a noite estarei partindo no rumo desta felicidade, de novo.
yes! assim de repente, resolvi executar o plano A, que era o plano inicial quando vi que tinha milhas suficiente pra ir ao brasil. depois daquela frustracao “smiles-tears”, fiquei boiando e semana passada decidi.
o filhote ta super carente e la vou eu passar o aniversario de 20 anos com ele.
esta viagem sera bem atipica das anteriores. estou indo sozinha sem meu paul, entao deve ser uma viagem mais tranquila, sem muitos pra-la-e-pra-ca. sendo assim passarei mais tempo com o bruno e devo postar com frequencia, ou pelo menos esta eh minha intencao.
la fui eu, lisa, lesa e pouco louca.

aviaoplane001.gif
pra quem nao veio aqui nos ultimos dias, vai la por baixo que andei postando mais do que o normal :-)
beijos a todos e me aguardem postando da terra do sol (que tem chovido mais que em sp).

no ceara eh assim…

thunderstormbeach.jpg
quando o ceu esta com nuvens pesadas, cor de chumbo, os cearenses dizem que “ta bonito pra chover”. e reza a lenda de que o sol ja foi vaiado na praca do ferreira, grande praca no centro da cidade.
achei esta materia no nominimo, olha que legal:
O Ceará festeja as enchentes
Xico Sá
Os repórteres de TVs e rádios do Ceará sofrem para conseguir editar algum maldizer contra as enchentes de janeiro, mesmo que elas tragam prejuízos para a agricultura e desassossego para muitas famílias. Sob o céu que castiga e protege, os cearenses se recusam a enfileirar rosários de queixumes. “Faz dois dias e meio que tento chegar aqui, vindo de Juazeiro (500 km), é tanta chuva, meu Deus… Mas quem manda a gente rezar demais?! É tanta oração indo lá para cima, evaporando no calor esse tempo todo, que o Homem resolveu atender tudo de uma vez e deu nesse aguaceiro lindo que a gente vê aí, até o Castanhão deu as caras, se assanhou”, diz ao NoMínimo Antonio Marcondes de Castro, 39 anos, caminhoneiro que chegava a Fortaleza. “Uma mocinha da televisão, ali no Jaguaribe, queria que eu contasse desgraça, eu ando no prejuízo, mas não sou mal-agradecido não…
…Depois de testemunhar a sangria do açude de Orós e avistar da estrada o mar do Castanhão, o camelô de bijuterias José Cerílio de Souza, 34 anos, morador do Conjunto Ceará, repentista nas horas vagas na praia de Iracema, em Fortaleza – “pra descolar uma mixaria dos turistas mais bestas do que eu” – celebrava a enchente:
Vi o Orós esborrotado até as beiras,
e o povo agradecendo a Juscelino,
no Jaguaribe até os pistoleiros
tão na chuva brincando de menino,
e a Jaguaribara Velha já se afogou
até a igreja bebeu água pelo sino!”

barra.bmp
e por falar em nuvens pesadas, paira uma tempestade de desafetos, muito pertinente, em cima do blogger.com.br.
eh dificil de adjetivar o que eles estao fazendo. a unica palavra que me vem eh sacanagem mesmo.
aqui algumas sugestoes:
1) pra quem mora fora e nao consegue acessar seu proprio blog, peguei na FER uma dica que ela pegou no FABIO. pelo menos voce podera fazer back up ate resolver o que fazer daqui pra frente.
2) os blogs passaram a ser noticia e ate criaram sessoes em alguns meios de comunicacao. entao eu sugiro que escrevam (eu ja escrevi) para estas pessoas denunciando esta falta de respeito:
* gravata: o e-mail que consta na pagina da sua coluna, nao funciona. mas ele tem blog e pode-se deixar comentarios pedindo que se divulgue.
* cora ronai: pioneira nos blogs, escreve uma coluna no jornal o globo.
* nominimo: tem uma sessao dos blogs favoritos e no final o e-mail do editor.
e eu fico aqui desolada nao podendo ler tantos blogs que gosto tanto.
deixo beijos na esperanca de uma solucao em breve.
keep walking!

na terra do sol

vou tentar fazer um resumo das ferias no meu ceara.
chegada: chegamos em fortaleza depois de 26 horas que saimos de casa. viagem-pau-de-arara: newark-miami-sp-for. claro que chegamos super cansados e era 24 de dezembro.
aeroporto.jpg quartobagunca.jpg
nao pude evitar de baguncar o quarto, abrindo as malas e entregando os presentes e as encomendas.
descansamos um pouco e ja era noite de natal. como sempre a gente comemora na casa da minha mae com parentes e alguns amigos. minha mae sempre ler uma mensagem e fala um pouco sobre o significado natal e nos emociona com sua sabedoria de bem viver.
voces lembram aquele pinguim que postei aqui? pois eh, resolvi leva-lo como presente da brincadeira do amigo da onca. e nao deu outra, todos queriam ficar com o pinguim e gargalhamos muito. quem ficou com ele, pra o desgosto do bruno, foi a amanda, filha de uma prima que tinha o ultimo numero do sorteio.
maepinguim.jpg ricardopinguim.jpg liliapaulnatal.jpg
entre o natal e o ano novo foram muitos os encontros, praias, comilancas e bebedeiras. como diz minha cunhada, “tava igual a cobra de farmnacia, mergulhada no alcool!”
almoconatalvarios.jpg liliataiba.jpg vandabrunoalmoconatal.jpg
liliareginalmoconatal.jpg liliapaultaiba.jpg lilianegaterezagiovani.jpg
essa ultima foto foi tirada num lugar muito legal na beira-mar em fortaleza. a gente senta, bem assim, na beira da praia, no mucuripe, onde tem o mercado dos peixes e mariscos. sao quatro barraquinhas pequenas, com bancos de madeira desconfortaveis. dai a gente compra o camarao no mercado por R$12 o quilo e a senhora da barraca frita no alho e oleo por mais R$3,00!!!! a higiene nao eh la essas coisas, mas o camarao estava otimo e a cerveja geladissima. era dia de lua cheia e vimos o sol se por e a lua nascer com este visual do mar e das jangadas.
beiramar1.jpg beiramar2.jpg beiramar4.jpg
cachoeira1re.jpgviagem: no dia 2 de janeiro fomos (eu, paul, bruno e a namorada, dane) pra serra grande (330km de fortaleza) pois queria que o paul conhecesse um pouco do sertao e a regiao de serra do ceara. nao era a melhor epoca do ano, pois ainda nao tinha comecado a chover e estava muito quente. agora ja deve estar mais verdinho e ate fazendo um friozinho a noite. nesta reagiao tem o menor parque nacional do brasil: parque nacional de ubajara, onde tem uma gruta fantastica que visitamos. a regiao eh bem bonita, cheia de cachoeiras.
verdedaserra.jpg caverna1re.jpg jumentore.jpg
vicosavistare.jpg igrejatianguare.jpg plantare.jpg
levei o paul pra ver uma feira de domingo no interior. eh legal demais, eu adoro aquela confusao de tudo-se-vende: cereais, roupas, frutas, verduras, peixe seco, camisetas falsificadas e tudo mais que se possa imaginar.
feirapeixere.jpg feiracamisetasre.jpg feirafarinhare.jpg
feiramilhore.jpg feirafeijaore.jpg
na estrada a paisagem parecia com a daqui: arvores nuas, sem folha pela ausencia de chuva (e nao pelo frio, claro). e de vez em quando aparecia um flamboyant – arvore que adoro – colorindo o sertao seco do ceara.
estradaseca1.jpg buganville.jpg estradaseca2.jpg
chuvare.jpg cal.jpg flamboyantpertore.jpg
esta foto do meio eh uma “usina” de cal. nunca tinha visto antes como se faz cal. no ceara eh assim!
quando voltamos da viagem comecaram as despedidas: os primeiros foram os sobrinhos gerardo neto com a mulher clarissa (que moram em portugal) e clarice (que mora em amsterdam), depois foi o marcelo que mora em cutiriba e por ultimo o paul.
estrangeiros.jpg marcelobrindesexta.jpg passeigerardoclarissejulia.jpg
e haja comida, haja bebida e preparo fisico pra aguentar estas maratonas de prazer. alem de muita alegria, ganhei uns tres quilos!!!
desta vez levei o paul pra conhecer o centro dragao do mar de arte e cultura. complexo cultural, imenso, lindo, onde trabalhei dois anos. visitamos o memorial da cultura cearense onde tem uma instalacao maravilhosa sobre os vaqueiros e outra sobre a regiao do cariri.
dragao.jpg vaqueiros.jpg
nos ultimos 10 dias fui cuidar da parte pratica da vida: dentista, medicos, bancos, compras, etc. tive duas supresas agradaveis:
1) fui atras de uma mincharia na cef, restos de fgts, e descobri que tinha um saldo bem maior do que eu imaginava, do ultimo emprego (exatamente no centro dragao do mar) com carteira assinada!! ueba!
2) o mioma que carrego no meu utero diminuiu!!!! mais uma vez tive a oportunidade de constatar, na pratica, que o melhor remedio na vida eh ser feliz! tanto previne como cura! estou convencida de que o que provoca doencas sao os ressentimentos, estress, raiva, magoa e tudo de ruim que as vez teimamos em guardar dentro de nos.
so mais umas fotinhas com minha carinha de felicidade por tudo isso e muito mais:
liliacolo.jpg liliaaninhamauronananegasuzy.jpg liliamaevandaditaserigado.jpg
e aqui termina o relato dos trinta dias que passei na terra do sol.
enquanto isso la fora esta -13 graus!!!!! eh ruim heim?

UFA!

mapaceara.jpg
a saudade esta morta. 22 dias de ceara. mais de 1200km rodaods pelas praias e serras: taiba, lagoinha, sobral, tiangua, parque nacional de ubajara, vicosa do ceara, cumbuco, praia das fontes, morro branco, cascavel, prainha, porto das dunas.
sol, mar, areia, cerveja, carangueijo, camarao, baio-de-dois, fariiiiiiiiiiiiiinha, serra, cachoeira e muito carinho alimentam os cinco sentidos e deixam o coracao saltitante e saciado.
o corpo esta cansado e agradecido por todos os mimos.
nao me exponho mais ao sol, mas so o mormaco mudou a cor da pele, que de amarelo-empambado virou marron escuro, pra nao dizer neguinha :)
meu paul voltou na segunda-feira querendo ficar mais, mas alguem tem que trabalhar nesta familia, e logico que este alguem eh ele porque tenho manter minha reputaco de vadia!!!
ainda fico vadiando por aqui ate dia 22 com o ritmo menos acelerado, mas com muitas coisas praticas a fazer: medicos, dentista, bancos, etc
por isso ainda nao ta dando pra atualizar as vadiagens blogueiras. mas me aguardem que quando chegar em hoboken a vida online voltara ao normal.
deixo aqui algumas imagens e beijos grandes.
liliabrunochegada.jpg lagoinha.jpg
liliadanecachoeirare.jpg liliapaulbondinhore.jpg
carangueijo.jpg feirafarinhare.jpg
taiba.jpg caverna2re.jpg
liliacolo.jpg beiramarsunset.jpg

to viva!!!!!!!!!!!!!

liliapaulbrunoaeroporto.jpg
eh o seguinte: nao da tempo de vadiar por aqui nao. bem que eu ja tentei mas as programacoes estao intensas. o mundo la fora grita por nos. o sol, a praia, a familia, os amigos. tem sido uma verdadeira maratona que cansa, mas o prazer eh tao grande que o corpo nao reclama. eh bom demais estar aqui. o sorriso esta presente no rosto o tempo todo e o coracao cheio de alegria.
mas confesso: estou com saudade das vadiagens online mas por enquanto ficarei ausente desta tela. voltarei em breve.
muitissimo agradecida pelo carinho de voces. fica o desejo de uma passagem de ano maravilhosa pra todos e que 2004 venha cheio de novas esperancas pros nossos coracoes.
“Quem teve a idéia de cortar o tempo em fatias, a que se deu o nome de
ANO, foi um indivíduo genial.
Industrializou a esperança, fazendo-a funcionar no limite da exaustão.
Doze meses dão para qualquer ser
humano se cansar e entregar os pontos. Aí entra o milagre da renovação e
tudo começa outra vez, com outro
número e outra vontade de acreditar que daqui por diante vai ser
diferente”.
CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE

recebi isto por e-mail


recebi isto por e-mail hoje cedo e resolvi colocar aqui pra ajudar meu queridos leitores a entender meu cearences. isso eh uma das coisas que da saudade aqui: falar do meu jeito. quase nunca falo portugues e as vezes faco umas traducoes literais das expressoes cearenses e o paul morre de rir e assimila na mesma hora. umas das experessoes que ele mais gosta eh “landscape face”, ou seja, “cara de paisagem”. sabe quando uma pessoa que voce conhece passa por voce na rua e faz de conta que nao viu? olha pros lados ou mesmo pro ceu? ou entao, logo que cheguei que nao entendia nada que esse povo falava, eu fazia “landscape face” :)
– Gente alta é galalau;
– Botão de som é pitôco; ou biloto
– Se é muito miúdo é pixototinho;
– Se for resto é cotôco;
– Tudo que é bom é massa ;
– Tudo que é ruim é peba;
– Rir dos outros é mangar;
– Já faltar aula é gazear;
– Quem é franzino (pequeno e magro) é xôxo;
– O bobo se chama leso; ou abestado
– E o medroso se chama frouxo;
– Tá com raiva é invocado;
– Vai sair, diz vou chegar;
– “Caba” (homem) sem dinheiro é liso;
– Pernilongo é muriçoca;
– Chicote se chama açoite;
– Quem entra sem licença emburaca de casa adentro
– Sinal de espanto é “vôte”;
– Quando tá folgado,tá folote ou afolozado;
– Quem tem sorte é cagado;
– Pedaço de pedra é xêxo;
– Quem não paga é xexêro;
– O mesquinho ou sovina é amarrado, muquirana,mão de vaca,ou pirangueiro;
– Quem dá furo (não cumpre o prometido ou compromisso) é fulero;
– Sujeira de olho é remela;
– Gente insistente é pegajosa; espacosa
– Meleca se chama catota;
– Catinga de suor é inhaca;
– Mancha de pancada é roncha;
– Briga pequena é arenga;
– Perfomance ou atitude de palhaço é munganga;
– arco ou diadema eh gigolete
– Desarrumado é malamanhado;
– Pessoa triste é borocoxô, macambúzio;
– “É mesmo” é “Iapôi”;
– quando uma coisa nao funciona corretamente é “ta podi”
– Borracha de dinheiro é liga;
– Correr atrás de alguém é dar uma carrera;
– Fofoca é fuxico;
– Estouro aqui se chama pipôco;
– Confusão é rolo.
E a cantora postou um texto, que, me desculpem as feministas, eu adorei!

saudades…


beira-mar, fortaleza
bateu. hoje eh feriado no brasil e me deu uma vontade de ir a praia, rever minhas paisagens. me deu uma saudade… e quando a saudade bate, minha boca deseja comer baiao de dois com queijo de coalho pacoca, cuscuz com leite de coco, carangueijo, tomar sorvete de sapoti e caja, beber agua de coco, chupar caju e siriguela.
meus olhos querem ver aquele marzao, com as velas das jangadas no mucuripe..
meu coracao quer abracar, beijar, pegar, falar, conversar, gargalhar, mangar, arengar com os migos e a familia.