pedalando


fazia tempo que a gente queria atravessar a brooklyn bridge de bicicleta e passear pelo brooklyn, e ontem deu certo. foi muito bom para mim. o clima tava bem quente, mas tinha um ventinho bem gostoso quando tava perto do rio. passeamos mais por brooklyn heights, o bairro perto da ponte. andamos um pouco pela promenade (andamos mesmo, porque nao eh permitido montar na bicicleta) e depois fomos procurar algum lugar na beira do rio pra beber uma cerveja e relaxar as pernas.

achamos um restaurante, meio chic que nem lembro o nome, mas o terraco so abria a partir das cinco da tarde e mesmo se estivesse aberto, nao era permitido fumar do lado de fora. to fora!
andamos mais um pouco e achamos um pequeno parque entre as duas pontes (brooklyn e manhattan). descuidado, coitado, com a grama amarelada e cheio de desfalques. mas o lugar eh bem bonito, na beira d’agua, com uma vista privilegiada. descansamos um pouco e continuamos nossa busca por um bar, com mesas na calcada que fosse perto d’agua. nananina. achamos nao. sentamos num bar meio trash e ADOREI este aviso que estava pregado por dentro do balcao:

porque ta cada dia mais dificil encontrar esta plaquinha abaixo que fotografei sexta a noite em um restaurante em little italy, onde sentamos pra comer depois dos fogos:

terminando o relato do passeio… voltamos pela manhattan bridge, que chega no coracao de chinatown. o caminho nao eh tao “romantico” como na ponte do brooklyn, mas o visual eh bem legal. e as pernas agradeceram porque nao tem as subidas tao ingrimes quanto a brooklyn bridge.