HILDA HILST

“…e tudo é tão redondo e completo na hora da morte, pois aí sim é que estás completamente acabado, inteirinho tu mesmo, nítido nítido, preciso, exato como um magnífico teorema…” hilda hilst
quem escreve assim, nunca morre!
aqui, uma bonita homenagem.

7 comentários em “HILDA HILST”

  1. Na tal livraria que eu visitava para acessar, na viagem, tinha um livro da Hilda sempre no meu caminho. Todo dia eu parava e lia um pouco. Pensava que se comprasse acabaria o ritual da “livraria”. Eu ia comprar pra trazer e nem me lembrei.
    Como eh lindo e forte, que mulher sensível, aguda, provocante …
    Bonito o texto que vc postou.

Os comentários estão encerrados.