ela “é” americana! quem diria heim?

[aqui tinha uma foto do certificado que scanei. daí que eu recebi um comentário anônimo (muito agradecida “sr (a).^cuidado”) me alertando para não deixar o documento, com número e tudo, na internet. eu sou muito tranquila em relação à essas coisas, mas resolvi botar uma tarja preta em cima dos números e ia postar de novo quando vi que tem carimbado: “é proibido copiar, imprimir, fotografar esse certificado a não ser através das autoridades legais”. UIA! pense na inocência!]
ontem foi a cerimônia de juramento e entrega do certificado de cidadania americana. quem diria!
a coisa toda nem foi tão chata como pensei. o cara que fez o discurso foi super relaxado e fez todo mundo rir. o mais longo foi sentar as 1010 pessoas, de 91 países, que receberam a cidadania. é fato que andei jurando umas coisas meio esquisitas, mas eles que se cuidem porque eu mesminha que não vou cumprir :-)
é verdade que isso nunca foi um sonho, mas estou sendo muito feliz por aqui e esse documento facilita muito a vida. o melhor de tudo isso é que agora o bruno vai poder imigrar. iuruuuuuu.
as vantagens de ter cidadania:
–> poder pedir imigração pra familiares;
–> morar fora daqui (enquanto residente é preciso voltar aqui a cada 11 meses);
–> ter passaporte americano o que facilita pra entrar em alguns países;
–> e, segundo o paul, o mais importante é que quando ele morrer eu posso levar minha herança bilionária pro brasil. pois é, ele já decretou que vai antes de mim, e que até lá fica bilionário! e eu digo pra ele que ele pode ficar bilionário na boa e que iremos desfrutar disso juntos. depois a gente pensa no depois :-)
balanço:
eu cheguei em nyc em fevereiro de 2002. em julho de 2003 nós casamos e em agosto demos entrada na papelada para o green card (documento legal de residência). em março de 2004 fizemos a entrevista e logo em seguida recebi o green card provisório. em outubro de 2006 recebi o gren card permanente. em abril de 2007 dei entrada pra cidadania. em fevereiro fiz a entrevista e os testes (de ingles onde escrevi uma única frase e de história americana).
hummingbird_arizonaphoenix_16march085_croped.jpg
[foto: lilia, beija-flor no jardim botânico de phoenix, arizona]
eu vou pro brasil no dia 8 de maio e desde que fui na entrevista que pensei: a cerimônia vai acontecer antes da minha viagem. pimba! recebi a carta no início de abril. mas, esqueci um pequeno detalhe: como vou entrar no país de volta se ainda não tenho passaporte americano?
atualmente o tempo que leva pra tirar um passaporte é de 30 dias por conta de umas novas leis e a demanda por passaporte ficou imensa. o único jeito pra ter um passaporte em caráter urgente é indo pessoalmente na agência de passaporte que é em miami. até pode pagar uma taxa extra pra receber em duas semanas, mas eles não garantem. então o jeito tá dado: quarta-feira peganos estrada no rumo de miami. e dia 9 chego em fortaleza pra comemorar o aniversário do bruno, dia das mães e matar saudade de todos e de tudo.

11 comentários em “ela “é” americana! quem diria heim?”

  1. Lilia, parabéns pela conquista. Acho que o mais importante é ter o filhão ao lado!!! Que bom esse final feliz! Eu adoro os Estados Unidos e fico muito feliz em ler histórias como a sua.
    A vida sempre faz o melhor prá gente, não é mesmo? As vezes demora um pouquinho…mas logo enxergamos os resultados!
    Boa viagem e Feliz Dia das Mães!!!!

  2. Parabéns mas uma conquista, beijocas
    ps. no começo eu não escaquentava muito com isso, mas agora vejo que é importante se tornar cidadão americano. Quero ver teu filho por aqui, viu!!!!!!!!!!

  3. Parabéns menina, vê se da para dar uma passada aqui em sampa. Aqui estamos com uma frente polar 12 graus, pós terremotos, transito parando, mega caos no metrõ… é um parque dos horrores.
    Beijos stella

  4. Parabens, Lilian.
    vc merece!!!
    E agora poder ter o filho ao seu lado, é tudo de bom né?
    Tava falando pra Kalindi (minha filhota), que está a espera do green card permanente, que pode demorar mais que 1 ano, né?
    Ela vai fazer 1 ano em setembro com o provisório, mas tá louca pra sair de Usa, será que dá pra sair até setembro?
    Beijocas!!!
    Juci.

  5. Lilia, parabéns pela cidadania, Feliz dia da Mães e obrigado por nos alegrar os corações com fotos taõ lindas como as abaixo. Que Jesus continue cuidando direitinho de vocês.bjs.

  6. Fala Mulher?!!
    Parabens pela cidadania. Nossa que trajetoria heim? Melhor de tudo eh que o Bruno pode imigrar. Belezaaaaaaaaaaaaa.
    Saudades enormes de vcs. Um abraco no Paul e espero que tudo esteja maravilhoso ai no Braza.
    Ate…

  7. linda grande lília,
    querida, há tempos…
    não tenho mais o seu email e por isso escrevo em forma de comentário.e aproveito tb pra te dar os parabéns pelo ocorrido.:) imagino o alívio.
    baby, me escreve, quero te contar uma super novi.
    falo sempre com a aninha via msn. e ela por vezes, me dá notícias suas.
    meu msn é janainacostasousa@hotmail.com
    bjkas, de ruma. jana.

  8. Oi! Tenho acompanhado anonimamente seu blog e suas conquistas aqui nesta terrinha… E fiquei feliz hj, dpois de tanto tempo sem aparecer, que vc finalmente conseguiu o tao esperado “papel”! Deus seja louvado! Felicidades p/ vcs! E que Deus abencoe para vc ter seu filhao mais perto!
    Bjos!

Os comentários estão encerrados.