a primeira águia a gente nunca esquece

eagleflying_kraftazaleapark_28feb 011.jpg eagletree1_kraftazaleapark_28feb 018.jpg
Águia (Leo Artese)
Com os olhos da Águia podemos ver com a visão da luz solar clareando a verdade na escuridão da ilusão. Esta visão clara permite-nos ver à distância, para enxergar a nossa própria vida, livre de preconceitos e preocupações. Permite-nos voar longe dos limites dos detalhes, focando as coisas mais importantes, e, desenvolvendo nossos espíritos.
Águias são consideradas um bom augúrio. Elas representam a proteção, sabedoria, abundância, força, espiritualidade. Nativos dizem que quando se está rezando ou fazendo cerimônias, e elas aparecem no ar, significa que as preces serão atendidas. A Águia carrega nossas preces diretamente para o Criador.
Para andar na beleza e celebrar a Sagrada Dança da Vida, alegrar o círculo com a mente e o coração aberto e mover-se na paz com claridade, bondade, e calma. Para andar na beleza e entender o caminho dos relacionamentos e apreciar a beleza que há em nossa volta, a Águia responde:
– Você quer aprender a voar? Você quer ver a Grande Criação, através dos meus olhos? Você quer dançar no vento como eu faço? Os jovens dançam, dando graças por todas as coisas, caminhando nos degraus com o Universo e seu movimento eterno. Os jovens dançam. Dentro deles, em volta deles, a Criação dança no ritmo sagrado, e continua dançando.
Quando a Águia fala, ela fala no caminho, ela fala em movimento. Ela fala de seus olhos, com sua presença, com seu equilíbrio. Ela fala da energia e poder das 4 Direções, do fluxo sagrado. Ela fala da verdade que ecoa em nossos corações e espíritos. E ela fala em andar na beleza.
A Águia é a mestra das alturas, ela mantém um perfeito equilíbrio entre a Terra e o Céu. Representa a energia solar. É o equilíbrio de 3 energias: o Céu simboliza nossa natureza espiritual, a Terra nossa natureza física e o Sol energia de vida. A águia guia e traz equilíbrio e harmonia entre essas tres forças essenciais.
A Águia nos ajuda a ver acima da ignorância, ela é a conexão com o Eu, o Eu Superior. Nativos americanos dizem que ela voa perto do Sol, significando a iluminação do Grande Espírito. Ela ensina a atacar com coragem o medo do novo, do desconhecido, para conhecer novos horizontes, a ir por níveis superiores de consciência. É o simbolo da liberdade.
Podemos evocar a Águia, quando estamos com dificuldades para promover mudanças em nossas vidas, para viajarmos por outras dimensões, para desenvolvimento de poderes xamânicos.
A águia tem sido cultuada e reverenciada por muitos povos há milênios. É incontestável a força do seu simbolismo no inconsciente coletivo da humanidade. Curandeiros e xamãs usam suas penas como um importante instrumento de poder curativo.
Com os olhos da Águia podemos ver com a visão da luz solar clareando a verdade na escuridão da ilusão. Esta visão clara permite-nos ver à distância, para enxergar a nossa própria vida, livre de preconceitos e preocupações. Permite-nos voar longe dos limites dos detalhes, focando as coisas mais importantes, e, desenvolvendo nossos espíritos.
A Águia ensina a ampliar a percepção sobre nós mesmos além dos horizontes visíveis. Na Roda Medicinal é associada ao Poder de Wabun (Espírito Guardião da Direção Leste). Wabun tem o poder dos novos começos, sua estação é a primavera. Marca o renascimento, fazendo as pessoas verem mais claramente, com perspectivas mais amplas.
No cristianismo a Águia é a mensageira celestial, simbolizando a subida das orações a Deus e a descida da Graça Divina aos mortais. Na alquimia é o simbolo da volatização. Na maçonaria é o símbolo da audácia. Para os hindus, foi a Águia quem trouxe a bebida sacramental, o Soma. No Egito a Águia é um emblema real que ficava no peito dos faraós, assegurando-lhes poder, era também Ah e consagrada a Hórus. Entre os gregos e os persas era consagrada ao Sol. Para os gregos era considerada como o emblema sagrado de Zeus. É considerada também como o Leão Alado. Ambos estão associados ao Sol e ao Fogo.

4 comentários em “a primeira águia a gente nunca esquece”

  1. Imagina! Eu, que tenho andado tão arredado destas andanças blogueiras, venho aqui e topo logo com a Águia.
    Só pode ser sinal de bom augúrio para mim também!!!
    Saravá! E viva a Vida!
    Beijão grande.
    Alex

  2. Nossa Lilia que coisa linda você escreveu…Uma colega de trabalho passou as férias em Fortaleza e outras cidades do Ceará e amou, lembrei de você… ainda conhecerei sua terra, já cheguei perto: Natal. Um ótimo final de semana, bjs.

Os comentários estão encerrados.