e assim se passaram 11 dias…

foto:gerardo barbosa.jpg
o relato é quase igual aos outros: emoções, carinhos, afetos, comilanças, bebedeiras. praia, calor muito, alguns pingos de chuvas.
nada nunca é igual, claro, e foi diferente. a começar pela chegada, escondida. poucos sabiam. resolvi fazer assim porque queria mesmo que fosse uma surpresa pro bruno, e, que fosse uma viagem ZEN: zen presentes, zen encomendas, zen muita programação antecipada. mas com tanta ansiedade, o zen ficou longe :-)
agora tou voltando pra casa, com uma parada de dois dias na cidade maravilhosa. faz muito tempo que não vou ao rio e me deu vontade de rever aquelas belas paisagens. me deu vontade de rever amigos e de encontrar outros que ainda não olhei nos olhos, mas que já fazem parte da minha vida.
e é isso. inté semana que vem!

@@@@@
lendo um longo texto, recortei esse pedaço que achei interessante:
“Assim, aos que atravessam crises, tenho muitos desejos. Desejo-lhes primeiro o discernimento, porque é preciso separar as crises reais das imaginárias e distinguir o “mudar” do “mudar para melhor”. Desejo-lhes a flexibilidade, pois deve-se aprender a curvar-se diante da inexorabilidade dos fatos mesmo quando confrontados com os argumentos mais sólidos. Desejo-lhes a ousadia, porque é preferível tentar e arriscar a inclinar-se frente ao receio e às adversidades. Desejo-lhes a criatividade, pois o mundo solicita que se faça diferente para que se possa evoluir. Mas, sobretudo, desejo-lhes a coragem, para dominar o medo, para realizar escolhas, para abdicar da estabilidade infeliz, para combater a hesitação, para negar o que não lhes convém e para exigir o que lhes é próprio, por direito divino. Você faz o que te dá medo e ganha coragem depois. Não antes. É assim que funciona. Já disse isso antes…
Mediante o uso destes atributos, empresas poderão cultivar o desafio de ingressar em novos mercados, casamentos de conveniência poderão permitir-se capitular, talentos artísticos enrustidos atrás de mesas de escritório poderão ser revelados.
Mediante o uso destes atributos, seus relacionamentos poderão ser mais verdadeiros, seu trabalho mais digno, sua compaixão mais autêntica, suas posses mais honestas e seu espírito mais elevado.
(Tom Coelho)

18 comentários em “e assim se passaram 11 dias…”

  1. pena que SP não é a cidade maravilhosa, pois se por aqui vc passasse, iria com certeza agendar um encontro vadiante com vc…
    fica pra próxima. bon voyage
    bjks

  2. Eita essa foto é de uma praia da nossa terrinha? Tá bonita demais…rs.
    Texto lindo! Voltou com as baterias carregadas, hein? Bjos e um bom final de semana.

  3. Olá Lilia,
    Segunda feira começa Roland Garros. Já tem um link lá no meu blog.
    Também achei uma pena que São Paulonão fosse a terra maravilhosa.
    Beijos

  4. Que pena que não nos falamos… eu tava no Rio ontem e poderia ter ficado !!! Mas, tudo bem, a gente se vê de novo a qq momento… que bom que aproveitou muito, vai aproveitar mais e depois, os braços do seu Paul !!!! Saudades d’ocê, viu ?
    Beijos e beijos….. (PS: O Tom Coelho é muito bom !!! Eu já o considero amigo !)

  5. Tô com a Monique. Aqui, fora do aeroporto, nem sonhar, né?
    Nem prá comer pastel ou empadinha???
    Legal o texto desse moço.
    Boa viagem de volta!
    Bjs

  6. Linda Lilia, aqui, ali, lá… Deus te abênçõe! O texto é um presente, daqueles para desembrulhar bem devagarinho… E, aproveitando que hoje é “Dia do Abraço”, adivinha: um abraçuu, lógico, com muuuitas saudades d’ocê. Bom retorno à terra do teu amado.

  7. Que engraçado!
    Já conheço seu blog a um bom tempo mas quando fui fazer uma pesquisa da liberty state no google imagem e sua foto saiu como o primeiro resultado eu quase morri de rir…
    Beijos
    Tá ficando famosa, hein!

  8. Que engraçado!
    Já conheço seu blog a um bom tempo mas quando fui fazer uma pesquisa da liberty state no google imagem e sua foto saiu como o primeiro resultado eu quase morri de rir…
    Beijos
    Tá ficando famosa, hein!

  9. Oi Super Lilia… a viagem deve ter siso bem legal mesmo, né?
    Adorei a idéia da viagem “zen”…. ehehhehe
    Beijos para vc e bom retorno!
    Terei novidades em breve :0)

  10. Tu é a coisa mais abençoada deste mundo, Lilia. Te amo e admiro demais. Teu Bruno tem uma mãe e tanto…
    Fica com Deus, querida. Beijos.

  11. owww comedia! eu aqui fazndo uma pesquisa pro meu trabalho sobre grande construcoes, tava buscando coisas do Queen Mary 2 e achei teu blog… na mais grande coincidencia, na mesma pagina tem tu falando de fortaleza! ow corra linda esa cidade! e q saudades tou de la! mas to chegando!!! 2 meses mens uma semana! =P
    eh so isso mesmo…

  12. É bom chegar assim, de suspresa !! Fico feliz que vc tenha gostado e ainda passou aqui na cidade maravilhosa !!!! Um hiper beijo para vc e bom dia.

  13. Oi Lilia, agora vc pode dizer que está mesmo energizada. Praia, cerveja emoção, carinho, tudo,isto é bom demais…Agora !!!retorno…. saudade, tritesa….paciência, haverá outros retornos. É um ciclo vicioso que se renova sempre…
    Belíssimo texto ´realmente um presente e tanto. Bjãooo!!!!!

  14. Lilia, que loucura te reencontrar nesta nossa louca viagem internáutica! Morei em Fortaleza e, por um breve período, trabalhamos juntas na primeira campanha do Tasso Jereissati a governador, lembra? Naquela época eu morava num predinho no Papicu, perto da Santa Casa, estava casada com um engenheiro chamado Paulo e meu filho Renato era um bebê gorducho – assim como o seu Bruno, hoje ninguém diz. A gente se afastou por conta daquelas ondas da vida, nunca mais soube de você e, de repente… ói nóis aqui travêis!
    Seu blog é uma delícia, se puder, manda notícias no redatrice1@uol.com.br
    Beijos,
    Helena

Os comentários estão encerrados.